Quais são as diferenças entre Airtag e SmartTag?

Visando ajudar os usuários a rastrearem e encontrarem objetos perdidos, a AirTag da Apple e a Galaxy SmartTag da Samsung são dois modelos de etiquetas inteligentes. Lançados neste ano, os gadgets são rivais em um mercado em crescimento.


Úteis e discretos, os rastreadores digitais podem ser um item fundamental no cotidiano de pessoas “esquecidas”. A seguir, conheça algumas características em comum e as diferenças entre cada modelo.


Basicamente, AirTag e Galaxy SmartTag usam a mesma tecnologia.
Basicamente, AirTag e Galaxy SmartTag usam a mesma tecnologia. (Fonte: Screen Rant/Reprodução)

Tecnologias em comum

Os dois modelos de rastreadores apresentam pontos em comum e usam a tecnologia Bluetooth com baixo consumo de energia (BLE) para a localização precisa dos itens. Isso significa que os gadgets estão sempre interagindo via Bluetooth com os dispositivos pareados ao redor. Dessa forma, o usuário pode usar um aplicativo específico para rastrear o objeto que esteja próximo.


Outro recurso em comum é a tecnologia Ultra-Wideband (UWB), que permite que as etiquetas inteligentes e outros dispositivos se comuniquem entre si em uma rede privada, ampliando o raio para o “rastreamento”.


Ambos os acessórios têm alto-falante embutido para emitir alertas, algo que possibilita localizar facilmente os itens ou indicar que o acessório está muito distante do dispositivo pareado.


As etiquetas inteligentes usam redes próprias e criptografadas.
As etiquetas inteligentes usam redes próprias e criptografadas. (Fonte: Screen Rant/Reprodução)

Redes e compatibilidade

As diferenças entre as etiquetas inteligentes começam a partir das redes criptografadas usadas para rastreá-las; ou seja, elas são compatíveis com modelos específicos de dispositivos e sistemas operacionais.


Por exemplo, a AirTag está conectada à rede do app Buscar, disponível a partir do iOS 14.5. Esse mesmo software é usado para a localização de iPhone, iPad e outros produtos da Apple.


Enquanto isso, a SmartTag está integrada ao SmartThings Find. Compatível com Android 8 ou superior, o aplicativo é utilizado para encontrar os dispositivos da linha Galaxy, como smartphones, smartwatches, fones de ouvido e tablets.


Galaxy SmartTag tem um design mais funcional.
Galaxy SmartTag tem um design mais funcional. (Fonte: Samsung/Divulgação)

Design

Compactos, os rastreadores digitais apresentam design levemente diferente. Assim, as características próprias podem influenciar o modo como o usuário pretende usá-las.


A AirTag traz linhas minimalistas, com a parte traseira feita de plástico e a frente com acabamento de aço inoxidável. Como um botão, ela precisa de um acessório vendido separadamente para ser anexada a um objeto, como um chaveiro.


A Galaxy SmartTag tem corpo feito de plástico fosco com botão para pareamento. Uma de suas vantagens é um orifício na parte superior que permite colocar alças ou amarrá-la a algo que facilite o transporte.


Com linhas minimalistas, a AirTag é mais resistente que a rival.
Com linhas minimalistas, a AirTag é mais resistente que a rival. (Fonte: Tek Deeps/Reprodução)

Recursos

A AirTag e a SmartTag têm outros recursos em comum. Apesar de funcionarem de maneiras diferentes, os apps dos gadgets enviam notificações quando há uma etiqueta inteligente não identificada acompanhando o usuário.


Além disso, os rastreadores digitais contam com baterias substituíveis. Conforme as informações dos fabricantes, elas duram em média 1 ano até mostrarem sinais de desgaste.

O modelo da Apple é mais resistente do que o concorrente ao apresentar certificação IP67 (resistência à água e poeira), já que a Galaxy SmartTag tem apenas certificação IP53 (proteção contra respingos acidentais).


Por outro lado, o acessório da Samsung permite usar o botão para encontrar um dispositivo pareado; sendo assim, é possível controlar aparelhos de uma casa inteligente ou escolher o som de alerta.


Ambos os rastreadores digitais estão disponíveis no Brasil.
Ambos os rastreadores digitais estão disponíveis no Brasil. (Fonte: IT Igic/Reprodução)

Preços

As etiquetas inteligentes estão à venda no site oficial das marcas no Brasil. Os preços a seguir têm como base os valores informados nas lojas das fabricantes.


Disponível apenas na cor prata, uma unidade do AirTag está sendo vendida por R$ 369. Entretanto, a Apple oferece um pacote com quatro acessórios pelo valor de R$ 1.249.


Nas cores preta e cinza, a versão básica de SmartTag (sem UWB) pode ser adquirida por R$ 199. Para mais, a Samsung oferece pacotes especiais com duas (R$ 329) e quatro unidades (R$ 699).


(Artigo publicado originalmente no TecMundo em 29 de maio de 2021)