Vale a pena comprar um notebook usado?

Em 2021, a alta demanda por notebooks devido ao crescimento do home office e do ensino a distância fez os preços dos dispositivos subirem mais de 17%, segundo o IDC Brasil. Diante disso, adquirir um computador usado se tornou uma excelente opção, e o Canaltech te explica os motivos.


Adquirir um produto eletrônico usado pode trazer diversas vantagens para o consumidor. Existem vários pontos positivos que vão além da questão econômica, como a contribuição com o meio ambiente. Por outro lado, é bom saber exatamente o que deve ser analisado antes de comprar uma máquina de segunda mão para evitar levar gato por lebre.


Notebooks de segunda mão podem ser usados para atividades mais simples e estudos
Notebooks de segunda mão podem ser usados para atividades mais simples e estudos (Imagem: NordWood Themes/Unsplash)

Preços mais acessíveis


É inegável que os notebooks usados têm preços mais acessíveis do que um produto novo. Segundo as pesquisas, uma máquina de segunda mão pode custar até 30% menos do que um dispositivo equivalente adquirido na loja.


Em momentos de crise econômica, como o Brasil enfrenta atualmente, isso pode fazer uma grande diferença para os usuários. Principalmente aqueles que buscam por um computador para tarefas mais simples, estudos ou atividades profissionais menos complexas.


Com isso, é possível encontrar notebooks seminovos com boas especificações por valores menores do que modelos de baixo custo disponíveis em diversos varejistas. O que acaba sendo uma boa economia para o bolso – e para a paciência do usuário.


Produtos mais confiáveis


De certa forma, adquirir um notebook de segunda mão aumenta a segurança sobre o produto. Apesar do computador novo oferecer mais recursos, um modelo recém-lançado também pode ter falhas inesperadas que aparecem apenas com o uso diário.


Então, um dispositivo usado já passou por vários “testes de resistência” com o dono anterior. Além disso, as fabricantes podem ter lançado atualizações que corrigem possíveis problemas de desempenho.

Economia que ajuda o meio ambiente


Comprar um notebook seminovo contribui para o meio ambiente de algumas maneiras. Indiretamente, o usuário evita que mais produtos químicos perigosos sejam usados no processo de fabricação de uma nova máquina.


Para mais, a aquisição de um eletrônico de segunda mão ajuda a prolongar a vida útil de um dispositivo que seria descartado. Isso impede que o computador se torne um lixo eletrônico, algo que raramente recebe um tratamento adequado no Brasil.


É importante ficar atento ao estado do notebook usado antes de concluir a compra
É importante ficar atento ao estado do notebook usado antes de concluir a compra (Imagem: Selina/Unsplash)

O que observar antes de comprar um notebook usado?


Adquirir um computador de segunda mão exige diversos cuidados para evitar cair em golpes. Caso esteja comprando pela internet, sempre dê preferência para vendedores com boa reputação em plataformas confiáveis.


A segunda dica é pesquisar por modelos com especificações que atendam às necessidades do usuário (processador, memória RAM, armazenamento interno). Isso reduz as chances de levar para casa um dispositivo que não se encaixe no perfil da pessoa.


Além de tudo isso, existem alguns pontos que devem ser avaliados antes de concluir a compra. Então, o Canaltech separou quatro aspectos importantes a serem verificados:


Estado do produto


Caso tenha a oportunidade de ver o computador pessoalmente, é essencial observar o estado dele. Conferir se não há rachaduras ou marcas de impacto no corpo da máquina, parafusos faltando ou qualquer outra anormalidade.


O teclado e o touchpad também exigem bastante atenção. É importante verificar se não há teclas faltando ou quebradas, bem como se o trackpad responde corretamente aos comandos mais tradicionais.


A mesma atenção deve ser dada para as portas USB, HDMI, Ethernet, entradas para fones de ouvido, alto-falantes e webcams. Algumas dessas peças estão ligadas à placa-mãe e, além de custar muito caro, podem ser difíceis de serem trocadas no futuro.


Condição da Tela


Um dos elementos essenciais de um notebook, a tela necessita estar em condições normais de funcionamento. Por isso, é essencial observar se há pixels defeituosos, descoloração do display, brilho reduzido e outros defeitos que atrapalhem o uso.


Sempre cheque a autonomia da bateria e as conexões sem fio antes de comprar o notebook seminovo
Sempre cheque a autonomia da bateria e as conexões sem fio antes de comprar o notebook seminovo (Imagem: John Schnobrich/Unsplash)

Autonomia da bateria


No Windows, é necessário acessar o Prompt de Comando como Administrador para obter as informações sobre a bateria. Ao abrir a janela, a pessoa precisa colar o comando “powercfg/batteryreport” ou "powercfg -energy -output energyreport.html" (sem as aspas), a depender da versão do sistema, e apertar Enter.


Em seguida, copie o caminho do arquivo onde foi salvo o Relatório de Duração da Bateria. Ao colar o endereço no Explorador de Arquivos ou no navegador, o usuário terá acesso aos dados da bateria, como a vida útil atual e a contagem de ciclos.


No Mac, esses detalhes podem ser consultados ao manter a tecla Option pressionada e clicar no Menu Apple. Após escolher a opção Informações de Sistema, o usuário deve abrir a guia Hardware e clicar em Alimentação para conferir os detalhes da bateria e ciclos.


Conexões sem fio


Uma das vantagens dos notebooks são as conexões sem fio. Por isso, é fundamental realizar testes para acompanhar o desempenho do dispositivo ao se conectar com redes Wi-Fi e acessórios Bluetooth.


Gostou de saber as vantagens e o que deve ser considerado ao comprar um notebook usado? Não esqueça de compartilhar esse conteúdo com outras pessoas que precisam de ajuda ao adquirir um computador seminovo.


(Artigo publicado originalmente no Canaltech em 3 de fevereiro de 2022)